MENU

QUEM NUNCA?

Martha F Bueno | Para Refletir | | 22 de Setembro de 2021 às 19:41 hs

QUEM NUNCA?Designed by FreePik

É, por mais óbvia que seja a pergunta, é isso mesmo, quem nunca sofreu?

Tem quem diga que sofrimento é para os fracos. Os fortes então não sofrem? Com certeza, com tamanho orgulho escancarado em tal dizer, há de sofrer, ou de ter sofrido! Não há ser humano que não tenha sofrido. Até mesmo Jesus passou por aflições, quando deixou seu Reino e sua Glória, condicionando-se ao estado deplorável que a humanidade escolheu por viver. Sabe do que estou falando, certo? Da escolha de viver longe da soberania de Deus.

Não é por acaso que estamos na pindaíba!

Na Bíblia há a seguinte revelação:

em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo. Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos: judeus e gentios fez um; e, tendo derribado a parede da separação que estava no meio, a inimizade, aboliu, na sua carne, a lei dos mandamentos na forma de ordenanças, para que dos dois criasse, em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz, e reconciliasse ambos em um só corpo com Deus, por intermédio da cruz, destruindo por ela a inimizade(Efésios 2.13-16)

Estamos na pindaíba porque resolvemos andar longe de Deus! No momento em que a primeira mulher e o primeiro homem, usufruíram de seu livre arbítrio para tomar a decisão de desobedecer a Deus comento do fruto do bem e do mal, foi o momento que o sofrimento, a vergonha, o medo, e tudo que há de ruim em um lugar que não habita Deus, voltou-se contra nós! Fruto da escolha humana, fruto do pecado/decisão de desobedecer a Deus.

Tem quem não acredite, e eu respeito! Mas, como esse blog é minha autorreflexão compartilhada, você pode se sentir à vontade de fechar a aba, caso seja tão discordante de seu ponto de vista. OU!!! Você pode continuar a leitura, pelo simples exercício de tentar entender um universo totalmente diferente do seu. É bom para exercitar a compreensão!

Continuando... é, nesse caso, impossível que haja um ser humano que nunca tenha passado pelo sofrimento. Agora, se estamos falando dos que dizem não sofrer, porque não “dá a vez para o sofrimento”, então, estamos falando de assuntos beeeeem diferentes!

Conversando com uma neuropsicóloga que admiro muito, e me orienta por meio de Terapia Cognitiva Comportamental (TCC), ouvi a seguinte frase: “Quando passamos pelo sofrimento a gente aprende”. Calma! Pera lá! Ela não está dizendo que devemos nos jogar de cabeça no sofrimento, e passar a viver na pindaíba total. Não, não! Continue a leitura, essa parte é a mais importante!

Sofrimento nos gera aprendizado. Não é algo inusitado! Há muitos que compõem versos e rimas para exaltar a melancolia e seus proveitos. No entanto, não fora isso que a neuropsicóloga dissera, e muito menos é o que quero colocar em reflexão aqui. Xô melancolia! Essa bestialidade disfarçada de poesia... melancolia é uma draga que quanto mais alimentamos, mais ela nos suga a alma para o vazio!

Sofrer não é bom, e nunca foi! Tem gente que confunde ao ler as Cartas do Apostolo Paulo (como por exemplo Filipenses 3.10), que sofrimento é bênção! Onde que sofrimento é bênção? Não vamos trocar as ideias, por favor!

Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus. Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós” (Mateus 5.10-11)

Aaaah, mas ali em Mateus capítulo 5, no versículo 10, diz que felizes são aqueles (ou seja, bem-aventurado) que são perseguidos e injuriados. Certo! Então, vamos reler agora com uma ferramenta importantíssima chamada “contexto”, incluindo o versículo 12?

Regozijai-vos e exultai, porque é grande o vosso galardão nos céus; pois assim perseguiram aos que viveram antes de vós” (Mateus 5.12)

Aqui não se trata de melancolia não!! Nananinanão! Trata-se de olhar além do sofrimento, da circunstância! Melancolia está relacionado ao desânimo, e não foi desânimo que Jesus disse para que tivéssemos, em João 16.33, “Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ÂNIMO; eu venci o mundo”. Até coloquei em caixa alta/letra maiúscula para entendermos (isso mesmo, estou escrevendo como uma forma de repetir para mim tudo o que aprendi durante a terapia)!

Melancolia, desânimo, abatimento, ou seja, sofrimento... tudo é real! É dolorido, é angustiante, é muitas vezes avassalador! Mas tenha bom ânimo! É uma escolha. Depende de mim, de você, e de quem mais estiver enfrentando, nesse momento, o sofrimento, seja em qualquer nível. É necessário que você decida por si mesma, ou por si mesmo, ter bom ânimo mesmo em meio ao sofrimento! É nesse processo que aprendemos!

Concluindo minha reflexão, compartilho que o meu entendimento sobre alimentar/curtir o sofrimento é autocomiseração! É prostrar e recusar-se a se levantar! É se condicionar à murmuração constante, ao opróbrio! E o mais danoso de todos, que é entregar-se à incredulidade, desfazendo-se da esperança que Jesus Cristo em sacrifício ofereceu para nós.

Encarar o sofrimento e dele tirar proveito, está longe de ser um momento de lamentações! É tirar os olhos das circunstâncias e colocá-los em direção à revelação libertadora de Jesus! Como disse o Apostolo Paulo: “Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens” (1Coríntios 15.19).

O aprendizado que tiramos durante nosso período de sofrimento, não tem nada a ver com o sofrimento em si, e sim em como você lida com ele! Se você ergue a cabeça, reveste-se da armadura da esperança e toma um bom caldo de bom ânimo e vai decidida (o) a encarar o sofrimento pra eliminá-lo de vez, então, você passou pelo processo de aprendizado, e tirará muito proveito, no percorrer da vida, desse momento de aflição. E não com pesar! Mas sim com satisfação e gratidão!

E diante disso, aos orgulhosos, faço um alerta! Se pensa que ignorando o sofrimento, há superação e aprendizado, engana-se! Já provei desse cálice amargo e digo, de nada em proveito! O resultado será que um belo dia a caixa de pandora se abrirá, e o caos reinará sobre os seus dias, sem que você tenha noção da procedência desse mal. E para sair desse buraco... vou te falar... é treta!

Então, se você está passando por isso nesse momento, veio em busca de orientação, de ajuda! Meu conselho é que você tenha fé de que tudo vai passar! Busque alguém para desabafar. O desabafo é um processo importante, no qual proferimos nossos sentimentos, enquanto ao mesmo tempo ouvimos, e é nesse procedimento que somos capazes de assimilar e reformular nossos sentimentos.



Designed by FreePik

 

É urgente, e precisa de ajuda o quanto antes? Envie-me um e-mail, com o assunto urgência, que logo entro em contato, e se necessário encaminho você para pessoas capacitadas, que oferecerão melhores instruções e orientações.Existem, na verdade, muitas dicas que eu queria, como também deveria, dar. No entanto, o texto ficaria mais longo ainda, desencorajando algumas pessoas, não muito fãs de leitura, a lerem. Mas não se preocupe! Com certeza falarei mais sobre esse assunto em futuras publicações. E espero estar expert para abordá-lo aqui de maneira a ser eficiente para os que buscam por ajuda!

Comentários:

Seja o primeiro a comentar!